Fandom

TVPédia Brasil

Big Brother Brasil

442 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Comentários0 Compartilhar
Big Brother Brasil
BBB16.jpg

Tipo

Reality Show

Gênero

Confinamento

Estreia

29 de Janeiro de 2002

Emissora Original

Rede Globo

Outras Emissoras

Multishow

Big Brother Brasil - Pay-Per-View

Apresentação

Pedro Bial

Edições

16

O Big Brother Brasil é a versão brasileira do reality show Big Brother, criado em 1999 pelo holandês John de Mol. Exibido pela Rede Globo (com formato Licenciado pela Endemol), o reality teve sua primeira edição em 2002.

Além da exibição na Rede Globo, é exibido em pay-per-view pelo canal Big Brother Brasil - Pay Per View 24 horas por dia, além de Flashes no Multishow.

Se trata do reality show mais conhecido da televisão brasileira. E também o de maior longevidade, tendo exibido mais de 10 edições. Apresentado pelo jornalista Pedro Bial.

O Reality

O programa consiste no confinamento de um certo número de participantes em uma casa cenográfica, sendo vigiados por câmeras 24 horas por dia, sem conexão com o mundo exterior. Os participantes não podem se comunicar com seus parentes e amigos, ler jornais ou usar de qualquer outro meio para obter informações externas. Tais participantes são escolhidos pela produção do programa, mas podem optar por querer ou não entrar na casa e têm o direito de desistir no meio do programa.

O Reality (bem como seu nome), é inspirado no livro "1984" de George Orwell. No livro, o "Big Brother" é um ditador que "tudo vê" da distópica Oceania, líder este que governa o mundo ocidental em um futuro fictício. Representado pela figura de um homem que provavelmente na trama não exista, vigia toda a população através das chamadas "teletelas", governando de forma despótica e manipulando a forma de pensar dos habitantes.

O "Big Brother" na verdade, é o apresentador do programa. Ele é praticamente o único contado que os participantes tem com o mundo fora da casa, que também assume a função de "Grande Irmão" ao instruir psicologicamente os participantes.

O Reality tem muitas semelhanças com o livro. Na versão Brasileira, quando os participantes veem o apresentador, eles o enaltecem como os habitantes de Oceania fazem com o Grande Irmão. O Lider apenas corresponde uma fração que tem o poder dentro da casa (fazendo analogia aos membros do partido interno do livro), apenas subordinado ao Big Brother (a direção do programa).

A edição do programa se assemelha ao "Miniver", ou "Ministério da Verdade". A exibição para o público que não possui Pay-Per-View, é controlada e manipulada. Podendo se criar "heróis" ou "vilões". apenas com um processo de edição. E o quarto branco se assemelha à uma das celas do "Ministério do Amor".

Até o presente momento, foram exibidas 14 edições e a 15ª está em exibição. Apenas em 2002 que houveram 2 edições no mesmo ano, com diferença de um mês de uma temporada pra outra. Todas as outras passaram a ser realizadas uma a cada ano, entre janeiro e março/abril.

Pedro Bial comanda a atração desde o início, sendo que na primeira edição ele dividia o comando com Marisa Orth, que ficou na apresentação apenas por uma semana devido a gafes cometidas no programa. Em 2012 foi cogitada uma substituição de Pedro Bial por Tiago Leifert, já que Bial estava com a imagem desgastada. Isso nunca aconteceu, já que Tiago Leifert estreou no comando do The Voice Brasil.

A Casa

A primeira casa foi construida em 55 dias úteis para o programa. Foi a única edição em que a casa era localizada em São Paulo-SP. A partir do BBB2, a casa é situada no Rio de Janeiro - RJ. Em um lugar isolado do Projac, ao lado do Morro da Pedra Negra, no Maciço da Pedra Branca, onde existe uma trilha na qual se pode observar a área externa da casa. Com 2.300 m², a casa é coberta somente nas festas e nas provas de resistência, para em caso de chuva não atrapalhar os brothers.

A casa conta com corredores internos, não acessíveis aos participantes. Chamados de Camera Cross, são reservados às câmeras que registram o que acontecem na casa por detrás dos espelhos. As câmeras deslizam sobre trilhos que seguem uma plataforma, junto às paredes da casa.

Até a quinta temporada, a casa contava com três quartos, dois públicos e um do lider (exceto em algumas temporadas que tinha 3 quartos públicos). Na primeira edição, os quartos públicos eram identificados com cores, a partir da segunda os mesmos ganharam decorações temáticas.

O Quarto do Lider conta com diversas mordomias. no BBB1 e 2, o quarto ficava ao lado do confessionário (onde hoje é a dispensa). Do BBB3 ao BBB10, o quarto foi movido para o pátio da casa. A partir da 11ª Edição, que voltou à se situar dentro da casa, em um segundo andar.

Houveram algumas mudanças na parte externa da casa, como a inclusão da academia a partir do BBB4 (e que a partir do BBB11 foi projetada em ambiente de vidro e climatizada). A partir da 7ª temporada, a área conta com um teto portátil para a realização de provas e festas.

O confessionário é uma sala especial e apenas um participante de cada vez pode entrar lá, onde são feitas as votações individuais, conversas com os psicólogos e com a direção do programa.

Na 9ª e 10ª Temporada, a casa ganhou o "Quarto Branco". Um quarto todo branco sem janela com paredes e chão almofadados.

No BBB14 os quartos são o "Festa" e "Sibéria". O Quarto Sibéria é um quarto para o grupo perdedor da prova do lider, onde a temperatura fica em torno dos 18°C e os participantes não podem se agasalhar.

Jogo

Depois de um breve confinamento em um hotel, os participantes são levados em carros à casa. Daí em diante, a cada semana é realizada uma nova prova para a seleção de um novo Líder. O líder é imunizado, isto é, não pode ser votado, e tem a obrigação de indicar em aberto um participante que irá ao Paredão (eliminação por votação do público). Os outros concorrentes, um a um, indicam o segundo candidato ao paredão no Confessionário. Caso haja empate entre os mais votados pelos participantes, o desempate cabe ao líder. Os telespectadores escolhem o eliminado por telefone e pela internet. O procedimento é repetido todas as semanas até o fim do programa.

O maior motivo de intrigas envolve as escolhas para o paredão. Em todas as temporadas foram testemunhadas a criação das famosas "panelinhas", entre alguns participantes, para combinarem o voto. Esses grupos são variados, formados por amigos próximos dentro do programa. Visto que o líder é o único a votar abertamente, muitas vezes o escolhido se desentende com ele.

O mecanismo básico foi modificado a partir do BBB3 com a inclusão de uma prova para escolher o Anjo da semana. O próprio anjo não ganha imunidade, mas pode conceder a um amigo a imunidade ao paredão. Essa imunidade é simbolizada por um colar. No BBB7 acontecia o veto ao anjo: depois de anunciado o destinatário do colar, ocorria um sorteio e a pessoa sorteada podia optar por vetar a transferência do colar de anjo. No BBB8, sai o veto, mas o anjo ganha um lado "monstro" onde deve aplicar um castigo em uma ou mais pessoas da casa, situação que perdura nas edições seguintes.

A partir do BBB8 foi implantado o "Big Fone", que qualquer participante pode atender. A voz que os participantes ouvem dá uma ordem e a pessoa que atendeu deve segui-las. O "Big Fone" pode dar uma notícia boa, ou ruim. Na maioria das vezes a pessoa que atende o "Big Fone" não pode revelar a ordem que lhe foi dada sob pena de ir ao paredão. Com o "Big Fone", houve a estreia dos paredões triplos, pois terceiro indicado ia ao paredão normalmente pelo "Big Fone".

Temporadas

Edição Estreia Final Vencedor
Big Brother Brasil 1 29 de Janeiro de 2002 2 de Abril de 2002 Kléber de Paula
Big Brother Brasil 2 14 de Maio de 2002 23 de Julho de 2002 Rodrigo Leonel
Big Brother Brasil 3 14 de Janeiro de 2003 1 de Abril de 2003 Dhomini Ferreira
Big Brother Brasil 4 13 de Janeiro de 2004 6 de Abril de 2004 Cida dos Santos
Big Brother Brasil 5 11 de Janeiro de 2005 29 de Março de 2005 Jean Willys
Big Brother Brasil 6 10 de Janeiro de 2006 28 de Março de 2006 Mara Viana
Big Brother Brasil 7 9 de Janeiro de 2007 3 de Abril de 2007 Diego Gasques
Big Brother Brasil 8 8 de Janeiro de 2008 25 de Março de 2008 Rafinha Ribeiro
Big Brother Brasil 9 13 de Janeiro de 2009 7 de Abril de 2009 Max Porto
Big Brother Brasil 10 12 de Janeiro de 2010 30 de Março de 2010 Marcelo Dourado
Big Brother Brasil 11 11 de Janeiro de 2011 29 de Março de 2011 Maria Melillo
Big Brother Brasil 12 10 de Janeiro de 2012 29 de Março de 2012 Fael Cordeiro
Big Brother Brasil 13 8 de Janeiro de 2013 26 de Março de 2013 Fernanda Keulla
Big Brother Brasil 14 14 de Janeiro de 2014 1 de Abril de 2014 Vanessa Mesquita
Big Brother Brasil 15 20 de Janeiro de 2015 7 de Abril de 2015 Cézar Lima
Big Brother Brasil 16 19 de Janeiro de 2016 5 de Abril de 2016 Munik Nunes

Audiência

Edição Estreia Final Média Geral
BBB1 49 Pontos 59 Pontos 40,3 Pontos
BBB2 29 Pontos 45 Pontos 36,6 Pontos
BBB3 38 Pontos 55 Pontos 39,3 Pontos
BBB4 42 Pontos 56 Pontos 45,3 Pontos
BBB5 46 Pontos 57 Pontos 47,5 Pontos
BBB6 45 Pontos 51 Pontos 43,1 Pontos
BBB7 43 Pontos 48 Pontos 41,3 Pontos
BBB8 37 Pontos 46 Pontos 37,2 Pontos
BBB9 37 Pontos 41 Pontos 37,2 Pontos
BBB10 30 Pontos 41 Pontos 32,4 Pontos
BBB11 35 Pontos 29 Pontos 24,8 Pontos
BBB12 33 Pontos 26 Pontos 25,3 Pontos
BBB13 25 Pontos 29 Pontos 24,78 Pontos
BBB14 31 Pontos 23 Pontos 22,8 Pontos
BBB15 25 Pontos 27 Pontos 23,9 Pontos
BBB16 24 Pontos 29 Pontos 23,5 Pontos

Recepção e Criticas

O BBB, sem dúvidas, é o reality show mais popular da televisão brasileira. A atração repercute nas redes sociais e gera debates dentro e fora da internet em todas as edições.

Porém, o programa divide opiniões. Se por um lado existem aqueles que adoram, por outro, existem aqueles que odeiam ferozmente. O gênero "reality de confinamento" e seu conteúdo geram opiniões negativas de boa parte do público. 

Para boa parte daqueles que não gostam, o BBB é um reality que não acrescenta em nada à sociedade e à TV Brasileira, pois transmite valores errados, como por exemplo a busca desenfreada pela fama. Já para aqueles que gostam, o reality é apenas um programa de entretenimento e que não tem a obrigação de trazer algo "educativo" para o público.

Em 2002, o professor de ética jornalística da Faculdade Cásper Líbero, Eugênio Bucci, publicou um artigo em que define o reality como um "sequestro às avessas", uma versão circense do delito. Para o educador, "o programa é de mau gosto em todo o mundo, mas, no Brasil, chega a ser torpe". Compara os participantes a "bobos num confinamento prolongado, visando a um sucesso à custa da perda da privacidade e não por um talento, pela qualidade do raciocínio ou por uma obra". Classifica-o como "o mais deseducativo programa da televisão, porque passa valores como o de que a fama justifica qualquer humilhação e a conivência dos adultos face às crianças dá a estas a impressão de que o 'circo' da exposição é um meio de ser alguém na vida". Para o professor de ética "todos demonstram um pantagruélico apetite pela fama. Desejam mais evidência".

Em janeiro de 2008, a revista Ilustrada, do Folha de São Paulo, convidou três especialistas em educação e psicologia para falar sobre o conteúdo do programa. Estes foram unânimes em afirmar que não há qualquer conteúdo válido para crianças, "existe exploração da sensualidade e que prejudicam a formação da criança", como afirmou Carlos Ramiro de Castro. Para a professora de psicologia da educação Maria Silvia Pinto da Rocha o programa expõe as crianças à erotização precoce.

Em 2010, a 10ª Edição liderou o Ranking de Denúncias da Campanha "Quem Financia a Baixaria é Contra a Cidadania" do site Ética na TV. Os Denunciantes apontaram inúmeros problemas acerca do reality.

Em 2012, foi desenvolvida uma extensão para o Google Chrome para bloquear posts sobre o programa nas redes sociais. O "No BBB" foi criado pelo engenheiro de software Luís Cesar Coimbra, que ouviu de diversos amigos o pedido para a criação de um filtro nas vésperas da 12ª edição do BBB em 2012, e resolveu implementá-lo já durante o início do programa.

Para alguns fãs do programa, a rejeição ao BBB não passa de pura hipocrisia, pois estes que dizem que não assistem o programa e o odeiam, vivem procurando saber sobre o reality na internet. Para outros, é puro preconceito de pessoas "arrogantes" com um programa que visa apenas entretenimento.

Em Janeiro de 2014, foi postado no You Tube uma marchinha de carnaval chamada "Bloco da Hipocrisia". A música faz uma crítica àqueles que se dizem "cults" e "intelectuais", mas que assistem ao programa.

Programas Especiais

De Olho no Big Brother Brasil

O De Olho no Big Brother Brasil é um programete veiculado nos intervalos da Rede Globo durante o período de exibição do BBB. São exibidos trechos do programa e enquetes de rua. Atualmente apresentado por Vinícius Valverde, já apresentaram o programete Marisa Orth e Renata Capucci. É exibido desde a 1ª Edição (e não desde o BBB8 como está descrito na Wikipedia).

BBB Para Maiores

BBB Para Maiores foi um programa semanal exibido nas madrugadas da Rede Globo durante a exibição do Big Brother Brasil 7. Apresentado por Vinícius Valverde, o programa contava com uma plateia e entrevistava o eliminado da semana. Além de exibir cenas do reality que não foram exibidas na edição do programa.

Big Brother Brasil - A Eliminação

Exibido pelo Multishow desde 2005, o A Eliminação entrevista o participante eliminado da semana. Inicialmente o programa se chamava Nem Big, Nem Brother.

Pay-Per-View

A Rede Globo em parceria com a Globosat, mantem um canal exclusivo pay-per-view para o programa. Desde 2004, o canal entra no ar anualmente durante os meses de exibição do programa e exibe o que acontece dentro da casa 24 horas por dia. O Canal substitui o extinto Premiere Shows.

RoBBBs

RoBBBs são os simpáticos mascotes do programa. São robozinhos cujo rosto é formado apenas por um grande olho, e corpos com cores variáveis para cada robozinho, geralmente nas cores laranja, azul e verde. Eles aparecem nas vinhetas do programa, cuja primeira aparição foi durante a 6ª Edição.

A Globo Marcas licencia diversos produtos com o RoBBB, em geral para o público infantil, como Bonecos, Brinquedos e Camisetas.

Links

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória