FANDOM


Êta Mundo Bom! é a 87ª e atual novela das 18h da Globo. Escrita por Walcyr Carrasco, com colaboração de Maria Elisa Berredo, e contará com a direção de Ana Paula Guimarães, Marcelo Zambelli e Diego Morais e a direção geral e de núcleo de Jorge Fernando,

Exibida entre 18 de janeiro e 26 de agosto de 2016, em 191 capítulos, substituindo Além do Tempo e substituída por Sol Nascente. Com Sérgio Guizé, Débora Nascimento, Eriberto Leão, Priscila Fantin, Camila Queiroz, Klebber Toledo, Bianca Bin, Rainer Cadete, Eliane Giardini, Marco Nanini, Elizabeth Savalla, Ary Fontoura e Flávia Alessandra nos papéis principais.

Enredo

Ambientada no final dos anos 40, a trama conta a história de Candinho, que foi separado da mãe logo após seu nascimento e foi acolhido pelo casal Cunegundes e Quinzinho, donos de uma fazenda, no interior de São Paulo, nos anos 1930. Ele cresce e trabalha como roceiro na casa desse casal e é expulso por se apaixonar pela primogênita, Filomena

Pancrácio, amigo da família que criou Candinho e seu grande mentor, o aconselha a seguir para a capital em busca da mãe biológica, Anastácia, que ele nunca conheceu. Assim Candinho parte junto de seu inseparável burro, Policarpo. A mãe se tornou uma viúva milionária e também está à procura do filho na capital. Ela conta com a ajuda do detetive Jack, da melhor amiga Emma e do advogado Araújo. Mas Anastácia não faz ideia de que a sobrinha, Sandra, fará de tudo para atrapalhar esse encontro, temendo perder a herança.

Candinho é um homem sempre carrega um grande otimismo, mesmo com as dificuldades da vida. Seu lema é "Tudo o que acontece de ruim na vida da gente é prameiorá". Sem se deixar abater, ele enfrenta as mais diversas situações para sobreviver na cidade grande, onde conhece seu fiel amigo, o garoto Pirulito. Além da busca incessante pela mãe, ele também vai lutar com unhas e dentes pelo amor de Filomena, que agora mora na capital e vive uma relação com o possessivo Ernesto.

O malandro conheceu Filomena e a convenceu a fugir com ele para a capital com a promessa de se casar com a bela roceira. Mas quando os dois chegam em São Paulo, Ernesto praticamente a obriga a se tornar uma dançarina em uma espécie de cabaré. Com Ernesto ficando com a maior parte do dinheiro que ela ganha no local.[1]

Paralelo à isso, há a história de Maria. Uma jovem que engravidou do namorado, morto em um acidente de carro. Expulsa de casa pelo pai, por ser mãe solteira, ela é acolhida por Anastácia e vai trabalhar em sua casa como empregada, mas enfrenta a hostilidade de Sandra e Celso, que querem vê-la fora da casa. Porém, do ódio, Celso acaba se apaixonando por ela.

Elenco

Ator/Atriz Personagem
Sérgio Guizé Cândido da Silva / Cândido Policarpo Sampaio Goytacazes dos Santos (Candinho)
Débora Nascimento Filomena Pereira Torres (Filó)
Flávia Alessandra Sandra Sampaio Carneiro
Eriberto Leão Ernesto Dias
Eliane Giardini Anastácia Sampaio de Goytacazes
Elizabeth Savalla Cunegundes Pereira Torres (Dona Boca de Fogo)
Marco Nanini Prof. Pancrácio Martino / Dr. Pandolfo Martino
Ary Fontoura Joaquim Pereira (Quinzinho)
Priscila Fantin Diana de Sousa Luma
Camila Queiroz Mafalda Pereira Torres
Klebber Toledo Romeu Lobato
Bianca Bin Maria Lima
Guilhermina Guinle Ilde Quintela
Rosane Gofmann Olímpia Castellar
Rainer Cadete Celso Sampaio Carneiro
Rodrigo Andrade Fábio Costa
Rômulo Neto Braz Lima
Flávio Tolezani Afonso Araújo Quintela (Dr. Araújo)
Anderson Di Rizzi Zé dos Porcos (José Francisco Leitão)
Giovanna Grigio Gerusa
Arthur Aguiar Osório
Jeniffer Nascimento Dita
Maria Zilda Bethlem Emma
Rosi Campos Eponina Pereira
Miguel Rômulo Quincas (Joaquim Pereira Torres Filho)
Ana Lúcia Torre Camélia
Maria Carol Olga Macedo
Tarcísio Filho Severo Lima
Débora Olivieri Ana Lima
Suely Franco Paulina
Dhu Moraes Manoela
Flávio Migliaccio Josias
David Lucas Jack
JP Rufino Pirulito
Nathália Costa Alice Lima
Xande Valois Cláudio Quintela
Leopoldo Pacheco Ernani Felipe dos Santos
Nathalia Dill Anastácia (jovem)
Natália do Vale Baronesa

Produção

A novela é inspirada em várias obras. No conto "Cândido, ou O Otimismo", publicado em 1759 pelo filósofo iluminista Voltaire, no filme "Candinho" de 1954 (inspirado no conto), e no conto "O Comprador de Fazendas", do livro "Urupês" de Monteiro Lobato. Teve o título provisório de "Candinho". Posteriormente teve seu título alterado para o oficial em referência ao bordão do personagem Pancrácio (Marco Nanini).

Inicialmente era cotada para ir ao ar no segundo semestre de 2016, sucedendo Trem Bom. Porém a novela de Maurício Gyboski teve problemas na produção que acabou sendo adiada. A novela marca o retorno da parceria entre Walcyr Carrasco e Jorge Fernando, que não trabalhavam juntos desde Caras & Bocas em 2009, também é o retorno do autor ao horário das 18h, que o consagrou.

Além disso, marca o retorno das atrizes Priscila Fantin e Flávia Alessandra nas produções do autor. Priscila atuou em 3 novelas de Walcyr (Chocolate com Pimenta, Alma Gêmea e Sete Pecados). Já Flávia teve um desentendimento com o autor após recusar um papel em Amor à Vida. Superado o ressentimento, o autor a convidou para fazer a vilã da nova novela.

A trama marca a estreia da atriz Giovanna Grigio na Globo. Entre 2013 e 2015 ela protagonizou a novela Chiquititas no SBT.[2]

A Rádio Globo transmitiu a radionovela fictícia "Herança de Ódio" que faz parte da trama. A produção reproduz com fidelidade o estilo da época. [3] A radionovela também está disponível no GShow em vídeo, mostrando os "bastidores" da produção. E também e exibida pelo canal Globo Premium em Portugal.

Audiencia

SEMANA SEG TER QUA QUI SEX SÁB MÉDIA SEMANAL
18/01 à 23/01/2016 26 24 25 24 24 20 23,8 Pontos
25/01 à 30/01/2016 22 23 23 22 23 18 21,8 Pontos
01/02 à 06/02/2016 23 22 22 22 22 20 21,8 Pontos
08/02 à 13/02/2016 19 21 24 23 21 21 21,5 Pontos
15/02 à 20/02/2016 25 22 22 21 21 20 21,8 Pontos
22/02 à 27/02/2016 25 24 24 22 22 22 23,2 Pontos
29/02 à 05/03/2016 25 26 26 24 20 21 23,7 Pontos
07/03 à 12/03/2016 25 24 24 26 23 23 24,2 Pontos
14/03 a 19/03/2016 26 25 23 24 21 23 23,7 Pontos
21/03 a 26/03/2016 23 25 25 23 24 24 24,0 Pontos
28/03 a 02/04/2016 26 27 27 25 22 24 25,2 Pontos
04/04 a 09/04/2016 26 26 25 27 24 25 25,7 Pontos
11/04 a 16/04/2016 28 32 30 29 28 23 28,3 Pontos
18/04 a 23/04/2016 28 28 26 25 27 22 26,0 Pontos
25/04 a 30/04/2016 27 28 27 29 28 27 27,7 Pontos
02/05 a 07/05/2016 30 28 27 27 26 26 27,3 Pontos
09/05 a 14/05/2016 28 29 27 30 28 25 27,8 Pontos
16/05 a 21/05/2016 30 29 30 30 28 26 28,8 Pontos
23/05 a 28/05/2016 31 29 29 26 29 27 28,5 Pontos
30/05 a 04/06/2016 26 28 31 30 31 28 29,0 Pontos
06/06 a 11/06/2016 29 29 24 30 27 26 27,5 Pontos
13/06 a 18/06/2016 29 28 29 28 27 27 28,0 Pontos
20/06 a 25/06/2016 30 31 30 32 31 27 30,2 Pontos
27/06 a 02/07/2016 31 30 31 30 30 27 29,8 Pontos
04/07 a 09/07/2016 33 31 29 30 29 28 30,0 Pontos
11/07 a 16/07/2016 32 30 31 31 27 28 29,8 Pontos
18/07 a 23/07/2016 33 33 32 33 33 30 32,2 Pontos
25/07 a 30/07/2016 33 32 34 33 33 29 32,3 Pontos
01/08 a 06/08/2016 32 34 32 30 20 27 29,2 Pontos
08/08 a 13/08/2016 34 33 36 33 30 27 32,2 Pontos
15/08 a 20/08/2016 32 29 30 32 30 30,6 Pontos
22/08 a 27/08/2016 32 36 33 32 31 23 31,2 Pontos
Média Geral 27,06 Pontos

Repercussão

Com média geral de 27 pontos, Êta Mundo Bom! tornou-se a novela das 18h de maior audiência dos últimos 10 anos. Alcançando índices que não eram vistos desde que O Profeta. Walcyr trouxe um folhetim com as mesmas características das novelas que escrevia no horário das seis na década passada (O Cravo e a Rosa, Chocolate com Pimenta e Alma Gêmea) e que consagraram o autor na Globo. Novela de época com núcleo de personagens caipiras, animais tendo destaque e guerras de comida. Recursos que fizeram sucesso nas novelas anteriores e também fez sucesso nessa.

O protagonista Candinho, vivido por Sérgio Guizé caiu nas graças do público. Assim como também fizeram sucesso Anastácia (Eliane Giardini), mãe de Candinho, e a vilã Sandra (Flavia Alessandra). Quem também fez sucesso foi a personagem Maria, vivida por Bianca Bin. A personagem, então coadjuvante, chegou até a ofuscar a protagonista Filomena (Débora Nascimento) que gerou críticas na internet, tanto pela personagem quanto pela atuação da atriz.

Diversos personagem fizeram sucesso e ganharam o carinho do público. Entre eles os gêmeos Pancrácio e Pandolfo (vividos por Marco Nanini), Celso (Rainer Cadete) e Paulina (Suely Franco). Atores mirins também fizeram sucesso e se tornaram queridos do público> JP Rufino (Pirulito), Xande Valois (Claudinho) e Nathália Costa (Alice). Outro personagem de grande destaque foi o burro Policarpo, que em diversas vezes esteve nos Trend Topics do Twitter entre os assuntos mais comentados. O animal fez tanto sucesso que chegou a ganhar até um crachá nos Estúdios Globo (em foto postada por Walcyr no instagram) e também a aparecer no congelamento do último capítulo.

O núcleo da fazenda "Dom Pedro II" de Cunegundes (Elizabeth Savalla) e Quinzinho (Ary Fontoura) foi um dos pontos altos da novela. Responsável pelo alívio cômico e pelo "pastelão". Os personagens desse núcleo fizeram grande sucesso, como Mafalda (Camila Queiroz), Eponina (Rosi Campos), Quincas (Miguel Rômulo), Dita (Jeniffer Nascimento), Manoela (Dhu Moraes), Josias (Flávio Migliaccio) e Zé dos Porcos (Anderson Di Rizzi).

A expressão "cegonho", usada pelos moradores da fazenda (principalmente por Mafalda) para definir as partes íntimas do homem virou febre na internet. Também fez sucesso o bordão "Meu nome é Cunegundes!", em que a personagem era usada toda vez em que era chamada de "Dona Boca de Fogo". Ainda no mesmo núcleo, as cenas de nudez com o ator Klebber Toledo (em que Romeu se banhava no lago) repercutiram na internet.

Vários casais fizeram sucesso na trama e ganharam vários shippers: Maricel (Maria e Celso), Anascrácio (Anastácia e Pancrácio) e Gesório (Gerusa e Osório, vividos respectivamente por Giovana Grígio e Arthur Aguiar). Além de Mafeu (Mafalda e Romeu), que não acabou acontecendo pois no final, Mafalda casa-se com Zé dos Porcos. Outro destaque, de menor expressão, foi o casal homossexual Lauro (Marcelo Argenta) e Tobias (Cleiton Moraes) que terminaram juntos na trama.

A cena em que Anastácia finalmente reencontra seu filho perdido, Candinho, foi a de maior repercussão. Em São Paulo, a maior audiência foi de 36 pontos, enquanto no Rio de Janeiro chegou a marcar 42 pontos. Um recorde de 9 anos quebrado. Êta Mundo Bom! chegou a formar uma dobradinha de sucesso com Totalmente Demais, novela das 18h também de grande audiência exibida na mesma época, e que elevou os índices da segunda edição do SPTV, exibida entre as duas novelas. No Twitter, a novela repercutiu bastante, pois o autor Walcyr Carrasco interagia com os fãs enquanto a trama era exibida. Não só ele, como os atores Rainer Cadete, JP Rufino, Flávia Alessandra e Elizabeth Savalla que também interagiam na rede social.

Apesar do enorme sucesso, também houve diversas críticas. As características que fizeram dela um sucesso também foi alvo de comentários dos telespectadores que rejeitavam o estilo marcante que Walcyr usa para escrever suas novelas. Em especial, os diálogos didáticos, personagens caricatos e excesso de guerras de comida. Carrasco inclusive chegou a usar o Twitter para rebater algumas críticas feitas pela jornalista Patrícia Kogut.

Referências

  1. Resumo da nova novela das 6: conheça os personagens e a história de 'Êta Mundo Bom!' (GShow)
  2. Ex-'Chiquititas', Giovanna Grigio estreia na Globo e fala de cenas de beijo com Arthur Aguiar: 'Acho que serão tranquilas' (Patrícia Kogut - O Globo)
  3. HERANÇA DE ÓDIO: RADIONOVELA DE “ÊTA MUNDO BÃO” É EXIBIDA NA RÁDIO GLOBO (Blog Fernando Figa)

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória